Minha História

Olá Tudo bem?

Eu me chamo Cintia de Almeida e meu marido Carlos Eduardo.

Nos conhecemos no ano de 2002 em uma festa, um rapaz muito encantador, cavalheiro , compreensivo, amigo e muito obstinado a me conquistar, fazendo com que eu me sentisse uma princesa com todos seus mimos, se passaram 6 meses ele tentando me conquistar , mais eu fugia rsrs, pois via nele um lado muito mulherengo , acho que toda mulher consegue perceber isso, mais finge que não vê, não conseguindo fugir mais , pois já estava completamente apaixonada, começamos a namorar.

 

Eu estava com 18 anos e ele com 17, ele tinha acabado de passar no vestibular e ia começar o curso de direito, sempre tivemos um relacionamento muito conturbado, imaturos, cheios de ciúmes, não era difícil aparecer uma briga, assim se passaram 6 anos de namoro, com términos e voltas, em meio as brigas por ciúmes eramos felizes, , tinhamos os mesmos gostos, o mesmo gosto musical, adoravamos sair para dançar , se reunir com os amigos, tinhamos uma vida bem agitada e badalada, do nosso jeito eramos muito felizes.
Meu marido sendo filho único, muito mimado pela mãe, tinha tudo muito fácil e foi criado em uma vida de classe média alta, diferente de mim que venho de uma família mais simples, tive que lutar desde nova por aquilo que eu queria.
Minha sogra não aceitava nosso relacionamento e na nossa ultima briga , terminamos o namoro por 3 meses , mais acabamos reatando, minha sogra não aceitou ameaçando expulsa-ló de casa , Carlos pegou suas coisas e foi embora , foi ai que começou nossa vida de casados,morando em um quarto na minha mãe.

 

 

Carlos recém formado, eu desempregada, percebi nesse momento que agora não dava mais para voltar atrás , completamente assustada, com medo de tudo que iriamos enfrentar , mais com uma felicidade gigantesca no coração , pois amava muito meu marido e eu sabia que ele estava ali porque queria muito ficar ao meu lado, pois ele trocou todo luxo que ele tinha para ficar ao meu lado, morando em um pequeno quarto.
Passado alguns meses conseguimos alugar nossa primeira casa,consegui passar em um concurso público e tudo foi se ajeitando.
Meu marido foi conseguindo novos clientes , aos poucos fomos conseguindo arrumar nossa casinha.
depois de 4 meses que fomos morar junto a grande notícia, estava grávida do meu primeiro anjo, eu queria muito esse filho , porque meu marido com bastante clientes eu me sentia muito sozinha.

 

 

Pensava eu que com a chegada do nosso filho ele ficaria mais em casa e eu não iria mais me sentir tão sozinha, mais muito me enganei porque em meio a alegria indescritível em poder descobrir um milagre de deus se desenvolvendo dentro de mim, veio também a tristeza de ter que passar por tudo sozinha, pois a pressão de ter um filho na cabeça do meu marido  fez com que ele trabalhasse cada vez mais e mais , ficando quase impossível vê-lo em casa, as vezes para conseguir ficar perto dele eu ia junto ao trabalho, ficava deitada no carro no estacionamento da delegacia enquanto ele trabalhava, e assim foi passando minha gestação inteira sem a presença do meu marido por conta do seu trabalho.
Passado um ano e seis meses fiquei gravida da segunda filha , foi ai que tudo piorou, engordei 25 kilos na primeira gestação e 30 na segunda, então dá para imaginar como meu corpo ficou rsrs, minha auto estima baixou muito, aí com dois filhos pequenos o marido trabalhando muito, não é difícil se perder e deixar o casamento acabar, me perdi no ciúmes e na insegurança , quantas vezes cheirava a roupa do meu marido quando ele chegava do serviço, fazendo das nossas vidas um verdadeiro inferno, fazendo com que ele preferisse ficar no trabalho do que voltar para casa,.

 

 

Porque quando chegava cansado do trabalho encontrava uma mulher louca , paranoica, uma mulher que vivia chorando e reclamando de tudo e que tudo o que falava era cobranças, cobranças de uma pessoa que não existia mais.

 

 

Eu não conseguia mais pensar em mim, pensava no meu marido 24 horas , pensava no que ele estava fazendo, com quem ele estava falando, ligava no celular dele a cada 10 minutos , isso o dia todo, acreditem , eu realmente fazia tudo isso e um pouco mais rsrs.

 

 

A luz do nosso casamento e da nossa casa estava se apagando e eu não sabia mais o que fazer, meu marido também começou ficar cego de ciúmes criando paranoias que não existiam, não conseguiamos mais sair de casa, porque onde focemos era sempre briga , por qualquer coisa, ciúmes, ofensas, choro , tristeza, enfim o mal havia entrado em minha casa e eu sabia que eu estava permitindo que ele continuasse a me vencer.

 

 

Assim me tornei uma mulher insegura e infeliz, não conseguia trabalhar, porque levava a tristeza por onde eu fosse, não conseguia imaginar minha vida sem meu marido, acabei adoecendo, com depressão, em crise, com 2 filhos pequenos que precisam da mãe e naquele momento não tinham uma boa mãe, porque muitas vezes permiti que meus filhos me vissem chorando , quantas vezes briguei com meu marido na frente dos meus filhos, me dói o coração só de lembrar.

 

 

Carlos pedia a separação todos os dias , falando que nosso casamento não existia mais , me dizia que a pior coisa que ele havia feito na vida era ter casado comigo, um homem completamente frio e egoísta, não era nem um pouco difícil para ele me fazer chorar e me destruir com palavras, eu já não sabia mais o que fazer e mais como agir, porque mesmo ele me fazendo chorar todas as vezes que falava comigo eu não conseguia me segurar , não conseguia ficar na mesma casa com uma pessoa fazendo de conta que ela não existia, eu tinha que falar , por isso eu ia atrás todas as vezes e me machucava todas as vezes que tentava falar com ele,cheguei ao ponto de me humilhar , ajoelhando aos pés dele implorando para ficar comigo falando que minha vida não existia sem ele,fazendo eu me sentir a pior mulher do mundo.

 

 

Eu já estava com todas as minhas forças esgotadas, simplesmente cansada , confusa, tinha chegado ao fim do poço, com a cabeça a mil, milhares de pensamentos assombravam minha cabeça, as pessoas a minha volta não conseguiam acreditar como eu aceitava viver com uma pessoa que me fazia tão mal, como eu podia viver com uma pessoa que nem ao menos se importava comigo e eu ficava no meio desses pensamentos e dessas opiniões dividida entre o coração e a razão, me preocupando com que as pessoas iriam falar ou iriam pensar.

 

 

Mais eu não aceitava o fim do meu casamento, venho de uma família de pais separados e não queria isso para meus filhos, não tenho nada contra quem tem uma vida assim , mais eu não queria, eu não aceitava , tinha que achar uma solução.

 

 

Moravamos juntos, mas viviamos separados, como dois desconhecidos, para ele não era mais meu marido, não me dava satisfação de nada , simplesmente fazia o que queria como se eu não existisse, quando anoitecia chegava meu tormento, porque quase todas as noites ele se arrumava, passava seu melhor perfume e saia todo arrumado para se divertir, passava por mim como se eu não existisse, isso me matava , como uma pessoa que viveu tantos anos comigo, podia estar tão feliz com uma separação, saindo , curtindo, sem se quer se preocupar comigo que estava doente.

 

E assim eram quase todas as minhas noites, passando a noite acordada , esperando ele voltar, chegava quase sempre bêbado e cheirando perfume de mulher .

 

Eu me perguntava , onde está aquele homem que eu me apaixonei, eu sabia que aquele que estava ali não era mais ele, o homem que eu tanto amava não era mais aquele, onde estava aquele casal que era tão feliz, simplesmente eu não aguentava viver mais daquele junto, foram mais ou menos uns 3 anos vivendo assim.

 

Mais lá no meu interior , tinha uma voz que falava muito mais alto que eu , que falava, não desista, estou contigo, não temas, mais eu não tinha mais forças para lutar.

 

Estou narrando aqui de uma maneira bem resumida , porque em 15 anos juntos os problemas foram muitos, muito mesmo, bebidas, traições, egoísmo, desespero . ciúmes, posse, humilhações, simplesmente não dava mais.
Foi ao meio desse turbilhão que recebi uma luz, deus enviou um anjo em minha vida que me ajudou muito, um não, vários anjos que me ensinaram que eu estava lutando do jeito totalmente errado.. foi ai que comecei a ler, estudar, pesquisar e comecei compreender todos os meus erros , comecei entender como eu iria conseguir me ajudar e salvar meu casamento, fui então praticando tudo que era colocado por deus na minha vida.

 
Entendi que estava fazendo tudo errado, lutando da maneira errada, esgotando todas as minhas forças sem conseguir melhora alguma.

 

Aprendi como deixar a luz divina entrar na minha casa, na minha vida e no meu casamento, exatamente nessa ordem, sem pular etapas.
É isso que preciso compartilhar com vocês, pois eu vejo todos os dias casamento de pessoas que ainda se amam desmoronando por falta de esclarecimento, por falta de uma conversa, pessoas em desespero por falta de alguém que segure nas suas mãos e diga, estou aqui vou te ajudar a salvar sua família.

 

 

Porque para ajudar na separação são muitos a disposição , mais agora para ajudar na união são vários , para não dizer quase nulos.
Hoje eu sei que deus permitiu que eu passasse por tudo isso para que eu conseguisse ajudar quem precisasse, para que uma pessoa assim como eu possa encontrar essa mão estendida.
Esse é o meu propósito, pois desde então venho tentando ajudar muitos casais que me procuram, não só para salvar seu casamento mais também a si encontrar, pois uma coisa não funciona sem a outra.
Foi ai que surgiu a ideia do curso casamento de luz, para eu conseguir atingir um número maior de pessoas e dividir a minha paz e felicidade com outros que necessitam assim como eu necessitei de ajuda.
Mais hoje eu posso dizer que vivo imensamente feliz com a minha família, com meu marido, mais o mais importante que hoje eu vivo extremamente feliz comigo mesmo o resto é consequência.
Então para você que busca verdadeiramente esta luz, possa encontra la desejo do fundo do meu coração que eu consiga ser um instrumento de deus na sua vida te levando um pouco dessa paz, que a alegria de deus adentre sua vida nesse momento, e que você volte a sorrir , vamos juntos guerreira , é difícil mais não impossível e deus é contigo.

 

 

Deus te abençoe e vamos juntas!